Indies

Review Bonfire Peaks: Queime tudo no caminho para refletir

Bonfire Peaks

Jogos de quebra cabeça geralmente são irônicos, às vezes fico empacado por horas, e de repente em questão de minutos consigo resolver e fico com a sensação de como não tinha pensado nisso antes. Bonfire Peaks te conduz sem tutoriais ou instruções, descobrir as possibilidades e restrições de movimento e ações fazem parte da experiência.

A vontade de vencer vai te fazer voltar mais e mais a Bonfire Peaks, a qualidade dos quebra cabeças é surpreendente, e passar por cada um dos desafios é algo bem gratificante. 

Esse é o grande diferencial de Bonfire Peaks. Quer você goste ou não de quebra-cabeças, esses irão fazer seu cérebro derreter em alguns momentos, quando se pegar simplesmente olhando para os blocos de voxel imaginando os movimentos da próxima tentativa.

Os desafios são pequenas fogueiras apagadas pelo cenário, e a cada fogueira vencida a mesma se acende e uma caixa aparecerá, que deverão ser empilhadas e organizadas de forma que o jogador possa seguir em sua jornada, é isso mesmo, fora dos quebra cabeças, o cenário onde se tem acesso aos desafios é um grande quebra cabeça, só que bem menos desafiador.

Como se não bastasse, caso em alguma fogueira o desafio for muito elevado, e você estiver realmente achando difícil passar, você não precisa completar todos os desafios para continuar sua aventura. Há uma história se desenrolando com seu personagem e vê-la faz com que você realmente se concentre, pois levanta muitas questões desde o início.

Em cada desafio você deve encontrar uma forma de queimar a caixa com seus pertences jogando a mesma na fogueira. Não é explicado imediatamente o porquê dessa atitude, mas cada nível tem uma nova caixa de ‘coisas’ que deve ser queimada para que nosso protagonista siga em frente. 

Cada desafio é feito de blocos, bem no estilo Minecraft, em estágios baseados em grade, então você recebe sua caixa de pertences e precisa descobrir como colocá-la na fogueira. Você tem todo o tempo do mundo, então há pouco com o que se preocupar. 

Cada desafio (fogueira) fornece uma quantidade limitada de caixas que podem ser usadas para subir, criar uma ponte ou até mesmo escadas para chegar a uma fogueira mais alta. Mecanicamente, tudo parece bastante simples, mas há uma profundidade em Bonfire Peaks que transforma a mais simples das tarefas (colocar uma caixa cheia de coisas no fogo) em um desafio mental de nível bastante desafiador. Houve muitos momentos em que empaquei e deixei alguns desafios para trás, para jogadores mais experientes em quebra cabeças, pode ser que Bonfire Peaks não seja tão desafiador quanto foi para mim.

Os gráficos em voxel são muito bonitos, especialmente quando você está resolvendo quebra-cabeças na neve ou na chuva. A beleza visual unida à bela música adiciona ao ambiente maravilhoso de Bonfire Peaks ainda mais personalidade. Quanto mais eu descobria sobre esta montanha misteriosa com quebra-cabeças para todos os lados, mais eu queria ver, e com um jogo como esse não há razão real para não querer continuar. É tudo muito bonito para ser ignorado.

Concluindo

Bonfire Peaks irá testá-lo a todo momento, e o quão paciente você é. Alguns podem até argumentar sobre o quão fácil pode se tornar por não ter um cronômetro para cada desafio, mas sinceramente, nem o visual encantador e a ótima trilha sonora que são bem relaxantes, me fizeram deixar de querer esmurrar o teclado em alguns momentos. Se estiver disposto a encarar o desafio, Bonfire Peak é um jogo incrível que o fará se sentir mais inteligente (ou não) ao jogá-lo.

NÃO DEIXE DE CONFERIR MAIS REVIEWS AQUI OU NA NOSSA CURADORIA NA STEAM.

Gameplay em PT-BR de Bonfire Peaks

Mais recentes

To Top