fbpx

The Waylanders: Analisando o acesso antecipado

RPG com combate em tempo real com pausa e um forte foco em contar histórias, The Waylanders pode ser comparado com os jogos Baldur’s Gate e Dragon Age.

O potencial que o jogo tem é grandioso, com alguns nomes de peso no cenário de RPG, como Emily Grace Buck, uma ex-funcionária da Telltale, Chris Avellone e o veterano da Bioware Mike Laidlaw dando uma mãozinha no desenvolvimento.

Joguei a versão em Early Access 

Vamos inicialmente aos pontos positivos. O jogo é visualmente muito distinto da maioria dos RPGs de fantasia da atualidade. O visual é vibrante e simples, o que sempre conseguem me agradar, um grande exemplo disso é o EARTHLOCK ou Kingdoms of Amalur: Reckoning. Pode não agradar a todos, mas devo dar crédito a direção de arte.

A música é muito boa, assim como a dublagem.

Achei interessante o sistema de formações usado durante o combate. Ao longo da jornada, você pode desbloquear várias formações exclusivas para cada classe. Quando você ativa uma formação, os membros do seu grupo se reúnem e terão acesso a várias habilidades de combate únicas e mortais.

O jogo tem um bom futuro, as ideias são sólidas e sua página na loja descreve bem um jogo que muito fã de RPG gostaria de jogar, mas infelizmente, a versão Early Access do jogo faz um péssimo trabalho ao vender The Waylanders ao público. A impressão que dá é que o jogo ainda não está pronto para a venda.

Não tenho problemas para olhar além dos bugs e a falta de polimento que é sinônimo de todos os jogos em Early Access. Mas é algo que devo deixar claro para quem quer adquirir o jogo e não está disposto a passar pelo mesmo.

Os problemas passam por, falhas em renderização, eventos não acionados, Drop de frames, atraso no áudio, configurações não são salvas, combate desajeitado, IA fraca, câmera desajeitada e por aí vai.

Comecei a testar o jogo algo em torno de 10 dias antes do lançamento em early access, segurei essa análise até o dia de hoje (08/07/2020) para não ser injusto, esperei o lançamento do game em EA e várias atualizações realmente ocorreram, e o desempenho teve realmente muitas melhorias.

Porém, as melhorias não foram suficientes para dizer que o game está jogável, ao menos em meu setup que é equipado com uma GTX 1060, e rodando o game em FULL HD não importando a qualidade, seja na menor ou maior possível.

Quero que o jogo faça melhor e sei que pode. Há muito potencial aqui e eu posso ver claramente a paixão dos desenvolvedores, mesmo debaixo de tantos problemas. Como muitas histórias de sucesso do Early Access, The Waylanders provavelmente também irá se consertar durante o lançamento estimado entre o final de 2020 e o início de 2021, a julgar pela atividade do fórum dos desenvolvedores. 

Concluindo

Cheguei a conclusão: A menos que você seja um defensor e que esteja disposto a passar pelos diversos problemas, sugiro adicionar o jogo à sua lista de desejos, pressionar o botão ‘seguir’ e aguardar o dia do lançamento chegar.

Irei deixar The Waylanders instalado e esta análise em aberto, irei testar novamente a cada nova atualização, e espero ansioso o dia em que possa dizer que todos os problemas foram resolvidos.

The Waylanders
Plataformas: Windows
Desenvolvedor: GATO STUDIO
Distribuidor: GATO STUDIO
Lançamento: 16 de junho de 2020
Página do jogo na steam

Gameplay

Gostou dessa análise, siga nosso grupo na steam e a nossa curadoria.

Não deixe de conferir: The Waylanders – E seus Pets, ter ao seu lado um cachorro, um dragão, um cervo …

One thought on “The Waylanders: Analisando o acesso antecipado

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

LIVE NOW! CLICK TO VIEW.
CURRENTLY OFFLINE