Indies

Análise de Button City, uma aventura no fliperama

Button City

Crianças, vocês sabem o que é um fliperama? Extremamente famosos na década de 90. Esse jogo extremamente fofo chamado Button City vai não só te apresentar, como você terá que salvar o fliperama local! Explorando o mundo, fazendo amizades e porque não, jogando muito fliperama.

A História

Button City conta a história de uma raposa tímida chamada Fennel, que ficou em casa desde que se mudou para uma nova cidade durante as férias de verão. Depois de um sermão de sua mãe sobre ficar em casa jogando videogame, ela o envia para a missão de fazer compras no Mart. Durante a viagem, você acaba ouvindo falar sobre um fliperama chamado Button City e decide dar uma olhada. Acho que não era isso que sua mãe pretendia ao tentar te fazer sair de casa (e já me bateu uma saudade dos fliperamas). 

Quando você chega no fliperama, conhece outros animais com idéias semelhantes e começa a construir amizades jogando fliperama juntos. Você é até convidado para se juntar a uma equipe chamada Fluff Squad. Isso é até que um gato ganancioso chamado Pepperbottom tenta fechar o fliperama permanentemente. Cabe a Fennel e seus novos amigos impedir o fechamento de seu santuário antes que seja tarde demais.

A boa combinação de áudio e vídeo

Visualmente agradável com gráficos em low poly e bem coloridos, Button City ganha muitos pontos no visual, principalmente por ser complementado por uma trilha sonora alegre que criam alguns momentos charmosos e hilariantes.

Juntas, o visual e a música criam uma grande atmosfera onde é difícil não ser pego no turbilhão desta aventura. Simplificando, Button City é um excelente exemplo de que você não precisa necessariamente do maior orçamento para criar uma identidade única e agradável.

Mecânicas

Você frequentemente será lançado em situações estranhas e enviado em missões em locais diferentes. Infelizmente, andar pelo mapa pode demorar um pouco, pois nosso companheiro raposa não se move mais rápido, o que pode ser incômodo, muito incômodo mesmo.

As missões variam de coletar itens, resolver quebra-cabeças simples ou lutar contra outras crianças. A jogabilidade é bem simplista, e isso é perfeitamente normal, já que esta é uma experiência voltada para jogadores mais jovens. Uma das características que definem Button City são as trocas de diálogo narrativo entre os personagens. Isso pode ser visto principalmente através da amizade de Fennel com Sorrel, a líder do Esquadrão Fluff.

No fliperama, há três minijogos para jogar.

Gobabots

Neste minijogo, duas equipes de quatro robôs lutam para coletar o máximo de frutas em um mapa inspirado no espaço para fazer o máximo de vitaminas antes que o tempo limite se esgote. Cada robô tem armas diferentes e ataques especiais para ajudá-los a se tornarem a melhor equipe de devoradores de frutas. Gobabots não é tão elaborado, mesmo com vários robôs para escolher, e para alguns, pode se tornar repetitivo rapidamente.

rEVolution Racer

É essencialmente o seu clássico jogo de corrida de arcade. Você desce uma pista de montanha com seu carro futurista enquanto explora derrapagens e impulsos para lhe dar a vantagem virtual e bater o melhor tempo no placar. Novamente, este é simples e não é muito difícil de concluir depois de aprender um ou dois truques.

Prisma Beats

Aqui você mostra seus movimentos de dança épicos batendo nas notas na tela em um típico jogo de ritmo e o mais complicado dos três.

Devo mencionar que Button City é consideravelmente curto, já que na média a campanha principal dura quatro horas, claro que isso provavelmente leve muito mais tempo dependendo da idade do jogador, é um jogo claramente feito para crianças. Mas, existe uma série de missões secundárias que irão aumentar o tempo de jogo, incluindo entrar em um clube de bigode e chegar ao fundo de uma teoria da conspiração.

Concluindo

Aqui estamos falando de uma excelente aventura que é leve em sua essência. Com um belo apelo visual, boa trilha sonora e uma jogabilidade simples, Button City definitivamente vale a pena para jogadores mais jovens (crianças), onde o único ponto negativo é não ter tradução para PT-BR, que o torna inviável para a grande maioria dos jogadores de seu público alvo (fica ai a observação ao pessoal da Subliminal).

Jogo analisado no PC (steam) com código fornecido por Overseer Games.

NÃO DEIXE DE CONFERIR MAIS REVIEWS AQUI NO NOSSO SITE OU NA NOSSA CURADORIA NA STEAM.

Mais recentes

To Top