Indies

Review: A Juggler’s Tale a jornada de uma marionete

A Junggler`s tale

A Juggler’s Tale é um jogo de plataforma e quebra-cabeça. Desenvolvido pela kaleidoscube e distribuído pela Mixtvision. O jogo se inicia com uma história contada durante um show de fantoches. As cortinas se abrem para a história de Abby, nossa protagonista é uma jovem escravizada por um dono de circo local, por conta de sua habilidade de fazer malabarismos. Ela tem permissão para se apresentar em um show ao lado de um urso, mas ela está presa em uma pequena jaula. Honestamente, A Juggler’s Tale é muito envolvente, mesmo que todos sejam fantoches, sem rostos ou vozes, apenas bonecos de madeira amarrados em cordas.

Trailer Oficial de A Juggler’s Tale

Durante o jogo você irá controlar nossa protagonista Abby, que pode pular e agarrar objetos para movê-los ou manipulá-los (empurrar e puxar certos objetos ou usar alavancas ou algo parecido). A diferença é que você pode interagir com as cordas presas aos fantoches. As cordas são muito usadas durante o jogo e são peças chave em vários quebra-cabeças. Por exemplo, Abby simplesmente não pode andar sob certos objetos, pois seus fios ficam presos, exigindo que ela encontre outro caminho.

Os quebra-cabeças são decentes e normalmente não são muito difíceis de resolver. Um dos primeiros quebra-cabeças mostra você carregando tochas cuidadosamente na chuva enquanto elas correm o risco de serem apagadas. A Juggler’s Tale é dividido em cinco atos de durações variadas, cada um ocorrendo em um local diferente.

Inicialmente o visual de A Juggler’s Tale foi o que me chamou a atenção, a paleta de cores e os cenários são muito bonitos. Uma vez que a história começa a ser contada, o cenário deixa de ser o interior da carroça onde acontece o teatro de marionetes com cenário feito de papelão e passa a ser “o mundo real”, abrindo um leque de possibilidades e imersão, algo semelhante a Unravel. Há apenas uma voz no jogo,o narrador, que além de contar a história nos dá dicas e inclusive intervém em alguns momentos.

Concluíndo

A Juggler’s Tale realmente me agradou muito. Fiquei deslumbrado com seu visual, sua história criativa e cativante, sem falar nos puzzles que são realmente divertidos e correspondem muito bem ao tema do show de marionetes do jogo, usando limitações de cenário e do próprio personagem, fãs de jogos de puzzle devem conferir, duas observações ficam para a duração, bem curtinho o jogo possui algo em torno de 2 a 3 horas de gameplay e as legendas em português do brasil.

NÃO DEIXE DE CONFERIR MAIS REVIEWS AQUI OU NA NOSSA CURADORIA NA STEAM.

Mais recentes

To Top