HomeReviewsFast Review: Warhammer 40,000: Inquisitor - Martyr

Fast Review: Warhammer 40,000: Inquisitor – Martyr

-

A um bom tempo não jogava um ARPG tão bom, as mecânicas funcionam bem (tirando o cover), o jogo é bem dinâmico e bem feito. Tive a impressão de que seria um APRG bem lento e sem muita ação, estava enganado, ele tem uma progressão parecida com o Diablo 3, na real bebe direto da fonte em muitos aspectos, o personagem começa meio lento e com os níveis e equipamentos o caminhar fica mais rápido, dando um dinamismo e fazendo as coisas caminharem bem.

O jogo é separado por missões, entra em uma missão, faz o que deve ser feito e sai. No geral as missões da campanha não tem fator falha, morre e volta até terminar, as missões secundárias tem um limite de 3 mortes. Porém, existem cartas que podem ser inseridas na fase para adicionar dificuldade, assim como melhorar os drops e recompensas. Sem contar que a cada início de fase, pode ser escolhida a dificuldade, isso é bom por não te prender a uma escolha inicial, a fase está te enchendo o saco, diminui a dificuldade e seja feliz, o jogo está muito fácil, vai aumentando a dificuldade até sentir que chegou no seu ponto de equilíbrio. Isso definitivamente deixa o game com um ajuste finíssimo com relação a dificuldade.

É possível também contar com temporadas, missões diárias e uma caralhada de coisas a mais para manter o jogador jogando por horas e horas. Os cenários são um pouco limitados, mesmo tendo uma boa variedade, missões vão repetir cenários com objetivos diferentes. A variedade de inimigos também é muito limitada, sendo assim, você vai matar o mesmo inimigo o jogo todo praticamente.

Gostei de Marty, tive pouco contato com a série Warhammer, e esse título em específico, a história me deu um nó na mente, mas mesmo assim, pude me divertir bastante correndo com o lança chamas carbonizando tudo que se mexia pelo caminho.

NÃO DEIXE DE CONFERIR MAIS REVIEWS AQUI OU NA NOSSA CURADORIA NA STEAM.

RPS Games
RPS Games
Apaixonado por games desde sempre, tive o prazer de acompanhar grande parte da evolução e decadência do mundo dos games. RPG, Ação, Aventura, FPS, etc etc etc jogo quase tudo.